segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Claudio Hori: uma grande voz da comunidade nikkei se cala

(foto: Reprodução/Facebook)

Morreu na manhã da última quinta-feira (11), aos 68 anos de idade, o radialista e entrevistador Claudio Hori.
Ele era um dos maiores e mais ativos divulgadores da cultura japonesa no Brasil, com presença constante em eventos como o Festival do Japão.
A causa da morte foi uma embolia pulmonar súbita.


Claudio Hori durante gravação para seu canal, no 49º Toyo Matsuri
(foto: Daniel Ramos)

Paulistano nascido no bairro de Pinheiros, Claudio Hori formou-se em medicina veterinária, mas fez a maior parte de sua carreira como radialista, passando por emissoras como Tupi, Gazeta e Imprensa FM - ele foi, inclusive, colaborador da Rádio e TV Nikkey, ao lado de Paulo Miyagui.
Há cerca de cinco anos, mantinha um canal no YouTube, o 'Claudio Hori Entrevista', onde realizava coberturas dos principais eventos da comunidade nikkei.

O corpo de Claudio Hori foi velado e sepultado na tarde da última sexta-feira (12), no Cemitério do Araçá, em São Paulo.
O locutor deixa ex-esposa e dois filhos.

Claudio Hori entrevistando o cônsul-geral do Japão, Yasushi Noguchi,
no último Moti Tsuki Matsuri (foto: Daniel Ramos)

Eu sempre costumava encontrar o Claudio durante as coberturas dos eventos nikkeis. Era uma pessoa muito acessível, receptiva, carismática, e sempre me recebia de braços abertos.
A última vez em que nos encontramos foi no Moti Tsuki Matsuri, na Liberdade, no último dia de 2017 - ele sempre aparentou ter uma saúde de ferro! Era bastante entusiasmado, e estava cheio de planos para este ano de 2018. 
Algumas pessoas que eram mais próximas a ele me disseram que ele estava com estes planos a todo vapor, dias antes da sua morte repentina.
Foi uma notícia que pegou de surpresa não só a mim, mas a todos que conviviam com ele, justamente pela sua vitalidade e pela paixão que ele demonstrava pelo seu ofício.
Claudio Hori é uma pessoa que, em pouco tempo, aprendi a admirar... e que com certeza, fará muita falta nos eventos da comunidade. Uma grande voz da comunidade nikkei, que se calou para sempre...

Vá em paz, Claudio. E que Deus te acompanhe.

Uma 'selfie' minha, no 49º Toyo Matsuri, com o Claudio e com outros colegas de cobertura:
Daniel Yonamine (à esq), da Revista Mundo OK e Aldo Shiguti, do Jornal Nippak



Nenhum comentário:

Postar um comentário