domingo, 12 de novembro de 2017

Nikon anuncia saída do mercado brasileiro

(foto: Divulgação)

No último dia 06, a Nikon do Brasil emitiu um comunicado à imprensa anunciando o encerramento das vendas de seus produtos no país.
A Nikon, que completou 100 anos de fundação este ano, afirma que a medida faz parte de um processo de reestruturação global da empresa.


Tradicionalíssima no ramo de câmeras, lentes e acessórios fotográficos, a Nikon, especialmente neste ano de 2017, tem enfrentado dificuldades. Em fevereiro, a empresa cancelou o lançamento de uma série nova de câmeras, a série Nikon DL, e admitiu ter sofrido "perdas extraordinárias de capital" no valor de cerca de US$ 260 milhões.
Em outubro passado, a Nikon anunciou o fechamento de uma fábrica na China, demitindo mais de 2 mil funcionários.

A linha de câmeras DL da Nikon: lançamento cancelado
(foto: Divulgação)

A ausência da marca no mercado brasileiro já vinha sendo sentida há algum tempo, com a falta de produtos em lojas especializadas e até mesmo de stands em feiras especializadas do segmento de fotografia, como a Feira Fotografar.

Segundo o comunicado emitido pela Nikon, a Nikon Store - loja virtual da Nikon onde eram vendidos produtos como câmeras e lentes - terá suas atividades encerradas em 31 de dezembro. Outros serviços, como assistência técnica e atendimento ao consumidor, serão mantidos.
A íntegra do comunicado da Nikon pode ser conferida aqui.

Uma notícia lamentável para fotógrafos e entusiastas da fotografia - especialmente para os consumidores de produtos da Nikon, que sempre foi uma marca poderosa no segmento, conhecida pela qualidade de seus produtos.
Apesar de não usar produtos da marca (minha câmera é da concorrente... rs), essa notícia me chateou bastante. Tomara que esta má fase da empresa passe logo e ela se recupere - e volte ao nosso mercado o mais breve possível.

(Fonte: iPhoto Channel)


Gostou desta postagem?
Você pode ajudar o Em Foco a se tornar ainda melhor: acesse https://apoia.se/danielramosemfoco e dê a sua contribuição!


Nenhum comentário:

Postar um comentário