sábado, 31 de dezembro de 2016

46º Moti Tsuki Matsuri - a última festividade do ano no bairro da Liberdade

O círculo da purificação do Moti Tsuki Matsuri (fotos: Daniel Ramos)

Estive na manhã deste sábado (31) no bairro da Liberdade, onde foi realizada a 46ª edição do Moti Tsuki Matsuri - o conhecido festival do bolinho da prosperidade, que encerra o ano no tradicional bairro oriental de São Paulo.
Este evento é organizado todos os anos pela ACAL (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade).


Uma das principais características deste evento é a distribuição gratuita ao público do moti - um bolinho confeccionado com uma massa artesanal feita de um tipo de arroz especial (motigome), cozido previamente no vapor e depois amassado em um pilão de pedra com um martelo.
Segundo a crença, consumir este bolinho no primeiro dia do ano traz vida longa e boa sorte, pois o arroz, em sua origem, é somente um grão; mas se for cozido, socado e amassado, unindo-se a outros grãos, forma uma massa consistente que não pode ser separada depois - da mesma forma que, na vida, nos tornamos mais fortes quando nos unimos a outras pessoas.
Na edição deste ano, foram distribuídos 20 mil pacotes com dois bolinhos - um branco, que simboliza a paz; e um rosa, que simboliza a felicidade.
Também foi distribuída uma sopa feita com o bolinho, o ozooni.

Distribuição das unidades de moti

O Moti Tsuki Matsuri tem uma ligação forte com o xintoísmo. Um altar e um círculo de ramos foram colocados no meio da praça da Liberdade - quem passasse pelo círculo deixaria para trás as energias negativas do ano anterior, purificando-se para o novo ano que chega; além de fazer seus pedidos para o ano novo em um bastão com tiras de papel.
Uma fila enorme se formou para esta passagem - a fila deu a volta por quase toda a extensão da praça da Liberdade.

O público aproveitou para fazer seus pedidos para o Ano Novo

Autoridades estiveram presentes no cerimonial do evento, como o cônsul-geral do Japão, Takahiro Nakamae e o vereador Aurélio Nomura - além de outros convidados, que participaram da confecção do moti.
Também foi realizada uma apresentação de taiko, com a participação de quatro grupos: Tenryuu Wadaiko, Ikkon Wadaiko, Sakura Fubuki Daiko e ACAL Taiko.

Grupos de taiko se apresentaram no Festival

Convidados participando da confecção do moti

Evidentemente, aproveitei e garanti os meus bolinhos para comer na passagem do ano. Vamos ver se traz mesmo boas energias para o ano que está chegando!
De qualquer jeito... o que não mata, te torna mais forte!

Ainda tem mais um post que estou concluindo, pra fechar 2016 com chave de ouro.
Fiquem ligados por aqui e confiram!

2 comentários: