segunda-feira, 27 de junho de 2016

Itália bate bicampeã Espanha e segue na UEFA Euro; Inglaterra cai diante da estreante Islândia

Itália bate bicampeã Espanha e avança às quartas da Euro 2016
(crédito das fotos: Reuters)

Um dos torneios de futebol mais importantes do mundo, a UEFA Euro (ou Eurocopa, como também costuma ser chamada), chega em sua fase decisiva. Nesta segunda-feira (27/06), concluiu-se a fase de oitavas de final, com dois grandes jogos: o clássico entre Itália e Espanha, vencido pelos italianos; e Inglaterra e Islândia, que, para a surpresa de todos, terminou com a vitória de virada da seleção nórdica, que disputa a competição pela primeira vez. E vai fazendo história.


DERAM O TROCO

Itália e Espanha reeditaram a final do último torneio (em 2012), vencida com sobras pelos espanhóis (4 a 0). Mas, desta vez, o futebol envolvente de toque de bola da Fúria não funcionou. Logo no primeiro tempo, a Azzurra fez uma bela partida, jogando de forma ofensiva e também marcando bastante.
E a estratégia italiana deu resultado: aos 32 minutos, o brasileiro naturalizado italiano Éder cobrou falta de frente para o gol de De Gea; o goleiro espanhol deu rebote e a bola sobrou para Chiellini, que abriu o placar.

Chiellini abriu o placar para a Azzurra na primeira etapa

No segundo tempo, a Espanha voltou melhor, e ameaçou mais na parte ofensiva - mas acabou parando no experiente goleiro Buffon, que fez boas defesas.
E já nos acréscimos, Graziano Pellè liquidou a fatura, completando um cruzamento de primeira.
Final, 2 a 0 Itália ("mamma mia!!!") - a Azzurra segue, e a Espanha dá adiós para a Euro.

Pellè fez o gol que liquidou o jogo para os italianos


ZEBRA NÓRDICA 

Na outra partida do dia, a surpreendente Islândia virou o jogo para cima da tradicional Inglaterra - e mandou os britânicos de volta pra casa.
Wayne Rooney marcou de pênalti para os ingleses logo no início do jogo - mas pouco depois, o time islandês empatou com Sigurdsson, que aproveitou cobrança de lateral para marcar.
Aos 17 minutos, Sigthórsson virou o jogo, se aproveitando de falha do goleiro Joe Hart.

Islandeses fazem história, e despacham a Inglaterra nas oitavas

Durante praticamente todo o jogo, a Islândia se mostrou superior, tendo mais posse de bola e criando mais chances de gol.
Os ingleses só conseguiram pressionar no final da partida, mas sem sucesso. Placar final: 2 a 1 para os nórdicos, que fazem uma campanha histórica: em sua primeira participação na UEFA Euro, a Islândia consegue ir longe, chegando às quartas de final - e ao final do jogo, a seleção islandesa fez uma festa bonita comemorando junto com a sua torcida.
E a eliminação custou ainda mais caro para os ingleses, que perderam seu técnico, Roy Hodgson, após o fim da partida.
Detalhe: adivinhem quem estava no estádio de Nice torcendo para os ingleses?! Vou dar uma dica: é vocalista de uma banda histórica de rock...

Sim... ele estava lá! O maior pé-frio de todos os tempos...
(foto: Reprodução)


Outros Resultados

Suíça 1 (4) x (5) 1 Polônia - os poloneses garantiram a classificação nos pênaltis

Croácia 0 x 1 Portugal - o gol do jogo saiu na prorrogação, em cabeçada de Quaresma, que aproveitou rebote do goleiro após um chute de Cristiano Ronaldo

País de Gales 1 x 0 Irlanda do Norte - no duelo britânico, os galeses levaram a melhor com um gol contra do zagueiro McCarthy

Hungria 0 x 4 Bélgica - baile belga pra cima da Hungria

Alemanha 3 x 0 Eslováquia - Alemanha sendo Alemanha...

França 2 x 1 Irlanda - Griezmann fez a diferença para os donos da casa



Com estes resultados, os confrontos de quartas de final ficaram assim:

Polônia x Portugal

País de Gales x Bélgica

Alemanha x Itália

França x Islândia


Não à toa, dizem que a Euro é uma Copa do Mundo sem Brasil e Argentina. Só jogaço!
E a próxima fase promete... quem vocês acham que passa?

(Fonte: globoesporte.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário