quinta-feira, 2 de junho de 2016

Fotojornalista brasileiro leva o Pulitzer 2016

Acampamento de refugiados nos arredores da estação central
de Budapeste, Hungria (foto: Maurício Lima/The New York Times)

Pela primeira vez na história, um brasileiro ganhou um dos prêmios de jornalismo mais importantes do mundo: o Pulitzer.
O responsável por esta façanha foi o fotojornalista Maurício Lima, que, juntamente com o russo Sergey Ponomarev, o norte-americano Tyler Hicks e o alemão Daniel Etter, cobriu a situação dos refugiados (a maioria sírios) na Europa, a serviço do jornal The New York Times.
Antes da conquista de Lima, o brasileiro que ficou mais próximo do prêmio foi o renomado Sebastião Salgado, que foi finalista no ano de 1985 mostrando a fome na Etiópia.


O trabalho de Lima e dos outros três foi premiado na categoria Reportagem Fotográfica, na edição 2016 do concurso, mostrando principalmente as dificuldades que os refugiados encontram para entrar no continente europeu - uma das maiores crises humanitárias desde a Segunda Guerra Mundial.
O prêmio foi compartilhado com a agência Thomson Reuters, que produziu uma reportagem tratando do mesmo assunto.

Maurício Lima começou a carreira em 1999 como estagiário do jornal esportivo Lance!, e tem passagem também pela agência internacional France Press. Atualmente, atua como fotojornalista independente.
Ao longo da carreira, foi contemplado com diversos prêmios - incluindo o World Press Photo, outro prêmio importantíssimo do fotojornalismo mundial.
É considerado um dos dez melhores fotojornalistas do mundo, segundo a revista Time.

No ano passado, Lima também foi finalista do Pulitzer, com uma série de fotos sobre o conflito na Ucrânia.

O fotojornalista Maurício Lima, contemplado com o Pulitzer deste ano
(foto: Reprodução/correiodopovo.com.br)

É um orgulho ver um fotógrafo brasileiro conquistando um prêmio tão importante como o Pulitzer. Especialmente em se tratando do Brasil e da época atual, onde a profissão de fotojornalista anda tão desvalorizada.
Parabéns por esta grande conquista!

(Fonte: Revista Fotografe Melhor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário