segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Paulistão em Foco: Resumo da Rodada 5

Palmeirenses provocam Ricardo Oliveira no clássico contra o Santos: partida
terminou em 0 a 0 (foto: Marcos Ribolli/globoesporte.com)

Hora de retomar o ritmo das postagens. E o assunto agora é o Campeonato Paulista.
Após uma semana com estreias de brasileiros na Libertadores - o que inclui os paulistas (Corinthians, São Paulo e Palmeiras) - o Paulistão voltou à cena neste último final de semana.
E nesta quinta rodada, teve clássico. Mas Palmeiras e Santos fizeram um jogo sem grandes emoções, e acabaram no 0 a 0.
O Corinthians também empatou, fora de casa, com a Ferroviária, que vive um bom momento no torneio. O único grande que venceu nesta rodada foi o São Paulo, que bateu a equipe do Rio Claro no Pacaembu por 1 a 0.

Vamos conferir o que rolou de melhor nesta quinta rodada?


Começando pelo clássico do Allianz Parque. Palmeiras e Santos se reencontraram, depois de uma final tumultuada na Copa do Brasil do ano passado, com direito a provocações e troca de farpas fora de campo entre o goleiro palmeirense Fernando Prass e o atacante santista Ricardo Oliveira. Na ocasião, o Palmeiras bateu o Peixe nos pênaltis, e ficou com o título.

Mas, voltemos para o Paulistão. Diante de mais de 23 mil torcedores (e debaixo de uma chuva monstruosa no segundo tempo), o Verdão começou bem e até criou chances de gol. Mas pouco a pouco, o Santos começou a ter mais posse de bola, e a criar oportunidades mais claras e contundentes de abrir o placar - o Peixe até chegou a balançar as redes com Gabigol, aos 38 do primeiro tempo; mas o atacante santista foi flagrado em posição de impedimento, e a arbitragem não validou o gol.
O próprio Gabriel ainda teria outras três oportunidades de gol, todas desperdiçadas. E o placar da arena palmeirense não saiu do zero.

Debaixo de chuva, Gabigol perde oportunidade de marcar para o Santos
(foto: Marcos Ribolli/globoesporte.com)

O São Paulo veio a campo debaixo de uma pressão enorme: vinha de uma sequência de resultados negativos - perdeu o clássico para o Corinthians na rodada anterior do Paulistão e foi derrotado em casa pelo The Strongest (BOL) na estreia da Libertadores - e de quebra, passou por uma crise nos bastidores, quando um conselheiro do clube fez duras críticas a jogadores e comissão técnica nas redes sociais.
Antes da partida começar, houve protestos de uma torcida organizada são-paulina.

Torcida são-paulina protesta contra má fase do time antes do jogo
contra o Rio Claro (foto: Marcos Ribolli/globoesporte.com)

Mas nem tudo era confusão do lado Tricolor: nesta partida, o time contou com um reforço importante - a reestreia de Diego Lugano com a camisa do São Paulo.
E parece que o zagueiro uruguaio deu sorte ao time do Morumbi. Seu companheiro de zaga na partida, Rodrigo Caio, que o diga: foi dele o único gol do jogo, que deu a vitória ao Tricolor: aos 5 minutos do segundo tempo, o lateral Carlinhos cobrou falta pela direita e mandou para a área do Rio Claro; se aproveitando da fragilidade da defesa adversária, o zagueiro apareceu para desviar de cabeça, sem chances para o goleiro Lucas. São Paulo 1 a 0 - placar final.

Rodrigo Caio comemora seu gol, que deu a vitória ao São Paulo
(foto: Reprodução/sãopaulofc.net)

E por fim, o meu querido Corinthians foi a Araraquara encarar a embalada Ferroviária, que havia engatado uma sequência de três vitórias consecutivas. E de fato, o Timão não teve vida fácil, mesmo jogando praticamente com força total - só o zagueiro Felipe e o volante Elias foram poupados, após a vitória corinthiana no Chile por 1 a 0 sobre o Cobresal, na estreia do alvinegro na Libertadores, durante a semana.
Quem abriu o placar foi o time da casa, aos 28 minutos do primeiro tempo: Wescley cruzou pela esquerda, e Juninho desviou para o gol de Cássio: Ferroviária 1 a 0.

Pouco depois, aos 32 minutos, o time de Araraquara quase ampliou com Tiago Adan, que tocou na saída de Cássio, mas o lateral corinthiano Fagner salvou em cima da linha.
Já no segundo tempo, aos 4 minutos, Igor Julião tentou afastar um cruzamento de Danilo pela esquerda, e encostou a mão na bola dentro da área.
Pênalti para o Corinthians, que Lucca converteu. Tudo igual no placar: 1 a 1.

Mas a Ferroviária continuou não dando moleza, e voltou à frente do placar aos 13 minutos, novamente com Juninho. O volante aproveitou um rebote da defesa corinthiana, e encheu o pé de fora da área, para infelicidade de Cássio, que acabou desviando para dentro do gol. 2 a 1 para o time de Araraquara.

E praticamente no final do jogo, aos 37 minutos, o Timão conseguiu arrancar o empate: após receber um cruzamento rasteiro de Fagner pela direita, o meia Giovanni Augusto, que havia entrado no lugar de Danilo, apenas desviou para o gol, se aproveitando de falha do zagueiro Wanderson.
Tudo igual na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara - dois gols para cada lado. E assim ficou.

Giovanni Augusto garantiu empate do Timão contra a Ferroviária
(foto: Reprodução/meutimão.com.br)

Outros Resultados da Rodada


São Bernardo 1 x 1 Linense

Capivariano 1 x 2 Mogi Mirim

XV de Piracicaba 2 x 1 Red Bull Brasil

Ponte Preta 0 x 0 São Bento - coitada da Macaca... continua sem ganhar uma no Paulistão...

Audax 1 x 2 Água Santa - jogando fora de casa, o time de Diadema ganhou de virada, com dois gols de Everaldo

Novorizontino 1 x 1 Oeste

Botafogo 4 x 0 Ituano - enfim, o Pantera venceu a primeira na competição, goleando o Ituano em Ribeirão Preto

Jogando em casa, o Botafogo de Ribeirão ganhou a primeira no Paulista,
goleando o Ituano (foto: Thiago Kalil/Agência Botafogo)

Mesmo com o empate em Araraquara, o Corinthians segue na liderança isolada do grupo D, com 13 pontos - três à frente do Água Santa, segundo colocado; o Santos ocupa a segunda colocação do grupo A, com 9 pontos - a mesma pontuação do São Bento de Sorocaba, mas o Peixe perde no saldo de gols; o Palmeiras também tem a mesma pontuação do São Bernardo no grupo B (6 pontos), mas o Verdão tem saldo de gols melhor e ocupa a liderança do grupo; e o São Paulo segue na terceira posição do grupo C, com 7 pontos - o Tricolor tem um jogo a menos.

A próxima rodada do Paulistão acontece já no meio desta semana. Na quarta (24/02), às 21: 45hs, o Corinthians disputa outra partida fora de casa, desta vez contra o São Bento, em Sorocaba; mais cedo, às 19:30hs, o São Paulo recebe o Novorizontino no Pacaembu.
O Santos enfrenta o Mogi Mirim na quinta-feira (25/02), às 19:30, também no Pacaembu; e o Palmeiras vai até Piracicaba encarar o XV, também na quinta, às 21:30hs.

E é isso aí. O que acharam dos desempenhos de seus times nesta rodada?
Postem nos comentários!

Por enquanto é só. Na próxima rodada tem mais!
Continuem ligados aqui no Em Foco.

(Fonte: globoesporte.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário