sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Momento K-Pop em Foco #4: Super Junior

Super Junior: um dos grupos mais populares da Coreia do Sul
(foto: Reprodução/Internet)

E chegou o dia mais esperado da semana... a SEXTA-FEIRA!!! Um dia esperado também aqui no Em Foco, porque... é dia de K-Pop!
Semana passada, o assunto foi as meninas do F(x). E agora, conforme prometido, teremos pela primeira vez uma boyband aqui no blog. Sim, porque o público feminino adora!!!
E o grupo escolhido para este post é um grupo que já está na estrada há um bom tempo, e tem uma popularidade grande na Coreia e entre os fãs de K-Pop pelo mundo afora. No post de hoje, vamos de Super Junior!

O Super Junior é um dos grupos de K-Pop há mais tempo em atividade na Coreia - debutou em 2005, apresentando a música "Twins (Knock Out)" dentro do programa Inkigayo, da emissora SBS. A princípio, o grupo possuia 12 membros; no ano seguinte, Kyuhyun se integraria ao grupo. Alguns anos mais tarde, dois integrantes deixariam o plantel: o chinês Han Geng, que entrou na justiça contra a SM Entertainment (produtora do grupo), e Kibum, que se afastou do grupo em 2009 para se dedicar à carreira de ator, mas acabou oficializando sua saída definitiva em 2015.
Atualmente, o Super Junior conta com 11 integrantes: o líder Leeteuk (Park Jung-Su), Heechul (Kim Hee-chul), Yesung (Kim Jong-woon), Kangin (Kim Young-woon), Ryeowook (Kim Ryeo-wook), Kyuhyun (Cho Kyu-hyun - é o membro mais novo do grupo), Shindong (Shin Dong-hee), Sungmin (Lee Sung-min), Eunhyuk (Lee Hyuk-jae), Donghae (Lee Dong-hae) e Siwon (Choi Si-won) - estes cinco últimos estão afastados das atividades do grupo, devido à prestação de serviço militar obrigatório (e eu achava que só no Brasil era assim...).
Há ainda, Henry Lau e Zhou Mi, que fazem parte do Super Junior-M, um dos subgrupos do Super Junior (além deste, há ainda outros quatro subgrupos - todos os atuais integrantes fazem parte de pelo menos um deles).

Alguns dos integrantes da atual formação do Super Junior
(foto: Reprodução/Internet)

Nos primeiros anos de carreira, o Super Junior alcançou um sucesso estrondoso na Coreia do Sul. Uma prova disso é que, em 2006, quando do lançamento do single "U", disponibilizado gratuitamente online na época, o número de downloads foi tão grande (quase alcançando a marca dos 2 milhões de downloads) que derrubou o servidor (!!!). A faixa-título deste single ficou cinco semanas seguidas no topo das paradas, e acabou sendo uma das músicas mais populares daquele ano.

Imagem do álbum Mr. Simple
(foto: Reprodução/Internet)

Em 2009, o Super Junior atingiu projeção internacional, com o lançamento do single "Sorry, Sorry", que foi sucesso de vendas não só na Coreia como em outros países da Ásia, tais como China, Taiwan e Filipinas.
Um ano antes, o grupo fez uma passagem pelo Japão, onde lançou o single "U/Twins" - o primeiro single coreano a ficar no top 10 da Oricon - a parada dos álbuns mais vendidos em terras nipônicas.
De uns anos pra cá, os rapazes têm ganhado reconhecimento fora do território asiático, especialmente na Europa e na América. Em 2012, o grupo foi indicado na categoria de Melhor Artista Asiático no MTV Europe Music Awards; e no ano passado, foi a vez dos EUA se renderem ao talento do Super Junior, que venceu em duas categorias nas quais foi indicado no Teen Choice Awards, da FOX.

Imagem do álbum Bonamana
(foto: Reprodução/Internet)

O Super Junior até agora lançou oito álbuns de estúdio na Coreia - há ainda um álbum lançado em japonês, o Hero (de 2013). O grupo já ganhou por treze vezes o MAMA (Mnet Asian Music Awards), e por dezessete o Golden Disk Awards - duas das maiores premiações musicais da Coreia do Sul. Além de uma infinidade de outros prêmios.
Em termos de popularidade, eu diria que o Super Junior é comparável ao Girls Generation, suas companheiras de gravadora, sobre as quais já falei por aqui. E não à toa, o Super Junior também é conhecido como "os reis da Hallyu Wave" (a "onda coreana", ou o fenômeno de popularização da cultura do país asiático a partir da década de 1990).

Imagem do álbum Hero, lançado no Japão
(foto: Reprodução/Internet)

O último lançamento do Super Junior foi o álbum Devil, que saiu em julho do ano passado, em comemoração aos 10 anos de carreira do grupo. Este álbum ficou em primeiro lugar no ranking do iTunes em 10 países diferentes, e recebeu muitos elogios da revista americana Billboard, que definiu a faixa-título do álbum como "uma das melhores canções do Super Junior em anos".

Capa do álbum Devil, lançado em 2015
(foto: Reprodução/Internet)

Bem... não sou lá tão fã de boybands, mas o fato é que, em termos de qualidade musical, o Super Junior realmente não deixa a desejar. Músicas como "Mr. Simple", "This is Love", "Magic" e até mesmo "Devil" não saem da minha playlist de K-Pop. E eu falo deles o mesmo que eu falei das meninas do Girls Generation semanas atrás: o capricho e a qualidade das músicas justifica o sucesso do grupo.
Aliás, diga-se de passagem: parece que a SM tem um toque de Midas para produzir grupos bem-sucedidos - que é o caso do Super Junior.
Uma pena que os caras vão ficar um tempinho longe do cenário do showbiz, por conta do serviço militar - especialmente para as fãs do grupo.

Imagem de divulgação do álbum Mamacita
(foto: Reprodução/Internet)

E por fim... adivinhem qual vai ser o clip deste post? Gente... não podia ser um outro clip que não fosse "Devil".
De longe é o melhor clip do grupo - e a música também é uma das que eu mais gosto, em se tratando de Super Junior.
Eu simplesmente não tenho palavras pra definir esse clip. ESPETACULAR. Apenas.




Por ora fico por aqui. Semana que vem tem mais K-Pop no Em Foco... e o próximo post vai ser de enlouquecer! Porquê?! Porque o grupo da semana que vem é 4Minute!
Deixem seus comentários, compartilhem... e continuem ligados por aqui!


Nenhum comentário:

Postar um comentário